ze1
José Walter Castanha tem 62 anos e atualmente pratica ciclismo. (Foto: Arquivo Pessoal/Cedida)

Na coluna desta semana converso com o bancário José Walter Castanha de 62 anos. Zé Walter é pai de dois filhos (Renata e Rafael), é casado com Fernanda Castanha e foi profissional na modalidade futebol. Passou pelas corridas pedestres e hoje compete na modalidade ciclismo na categoria 60 a 65 anos obtendo bons resultados em competições regionais.

Lesão no joelho

Em 2010 quando ainda jogava futebol Zé Walter como é conhecido teve uma lesão de joelho e foi obrigado a fazer uma cirurgia reparadora parando de praticar esta modalidade em função da lesão.

Partindo para a pratica das corridas em busca de manter a boa forma física que sempre teve já que o esporte sempre fez parte da sua vida, mas a corrida é uma modalidade de muito impacto e ele ainda sentia dores nos joelhos.

Descoberta do ciclismo

Descobriu que no ciclismo, por estar em cima de uma bicicleta, não existe impacto com o solo e resolveu o problema com as dores nos joelhos e hoje segue firme nos pedais.

Hoje Zé Walter pedala de três a quatro vezes por semana e pretende pedalar por muito tempo ainda, “enquanto Deus me der forças, e eu sei que ele dará por muito tempo ainda” nas palavras dele próprio.

O ciclista relata que seu maior sonho no esporte é continuar pedalando com os amigos e participar de provas na região e claro desfrutar de muita saúde.

A localidade mais longe que Zé Walter chegou foi a cidade de Pracinha em um percurso de ida e volta que totalizou 85km, sendo essa a maior distância percorrida por ele.

Seu projeto dentro do ciclismo é simplesmente continuar pedalando, pois o ciclismo é a modalidade que mais se identificou, assim como continuar treinando para melhorar suas colocações nas competições que vem participando.

“Hoje pra mim o ciclismo é muito importante, pois como tenho um trabalho muito sedentário, ele me ajuda e muito no estresse do dia a dia” relata o nosso atleta que para isso tem total apoio de sua família que entende que o esporte só pode trazer benefícios.

ze2
Zé Walter pedala de três a quatro vezes por semana e pretende pedalar por muito tempo ainda. (Foto: Arquivo Pessoal/Cedida)