A UniFAI confirmou nesta semana o convênio para a realização de estágios do curso de Medicina da Instituição no Hospital Estadual Dr. Oswaldo Brandi Faria, localizado na cidade de Mirandópolis; o vice-reitor da UniFAI Prof. Dr. Fábio Botteon esteve no hospital acompanhado da pró-reitora de Pesquisa e Pós-Graduação Prof.ª Dra. Márcia Bellini, do coordenador do curso de Medicina Prof. Dr. Miguel De Marchi e do procurador jurídico José Gustavo Lazzareti (Foto: Acervo Pessoal).

O Centro Universitário de Adamantina (UniFAI) firmou convênio com a Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo para a realização de estágios do curso de Medicina da Instituição no Hospital Estadual Dr. Oswaldo Brandi Faria, localizado na cidade de Mirandópolis, distante 97 quilômetros de Adamantina.

A parceria foi confirmada nesta quarta-feira, 7, pelo vice-reitor da UniFAI Prof. Dr. Fábio Alexandre Guimarães Botteon. Ele se reuniu em setembro do ano passado com Luiz de Melo, assessor do secretário estadual de Saúde, David Everson Uip, acompanhado do coordenador político regional Mauro Bragato (PSDB), a fim de providenciar o convênio.

“A UniFAI, hoje, consegue mais uma conquista para o curso de Medicina, que é o convênio para que os alunos possam realizar as suas atividades práticas junto ao Hospital Estadual de Mirandópolis. O estágio é uma grande oportunidade de aprender e colocar em prática a teoria adquirida em sala de aula, todavia, vai muito além, é um meio de incentivar o aluno a trabalhar na rede pública”, destacou Botteon.

O hospital

O Hospital Estadual Dr. Oswaldo Brandi Faria é subordinado à Coordenadoria de Serviços de Saúde da Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo e compõe a rede assistencial do Sistema Único de Saúde (SUS) na região de Araçatuba.

Desenvolve ações assistenciais de baixa e média complexidade visando o tratamento da doença e a promoção da saúde. O Ambulatório de Especialidades presta atendimento especializado e referenciado.

O setor de internação conta com clínica médica, clínica cirúrgica, clínica pediátrica, alojamento conjunto, sistema fechado que atende a pacientes privados de liberdade provenientes das penitenciárias da região.

“[Este é] um hospital que tem um bom preparo e um grande número de pacientes à disposição para que os alunos possam realizar a sua prática médica”, concluiu o vice-reitor da UniFAI.

Colaborou: Jesana Lima