Tupã já registra nove casos de gripe H1N1 em 2016

Uma morte pela doença foi confirmada e outro caso é investigado. Campanha de vacinação começa dia 30 de maio no Estado de São Paulo.

Este ano o vírus H1N1 chegou mais cedo no Estado de São Paulo e pegou a população despreparada. Na região Centro-Oeste Paulista, Tupã (SP) é a cidade mais afetada. Já foram nove casos de gripe, uma mulher morreu e tem mais uma morte suspeita que ainda aguarda exame para ser confirmada.

Só no estado de São Paulo, 260 pessoas foram infectadas pelo vírus e 38 já morreram. A explicação da Secretaria de Saúde são as viagens de brasileiros para outros países frios nas férias.

Em Bauru, uma mulher de 49 anos contraiu o vírus H1N1 e apresentou os sintomas da gripe no final de fevereiro. Ela foi tratada em hospital da rede privada e passa bem. No ano passado não teve registros da gripe H1N1 no município.

A campanha de vacinação começa apenas no dia 30 de maio e será de graça para os grupos de risco, que são gestantes, idosos, crianças com menos de 2 anos, pessoas com doenças pré-existentes, como diabéticos, obesos e pessoas em tratamento de câncer e Aids.

Pra evitar a doença é preciso lavar bem as mãos, toda vez que tossir ou espirrar não usar as mãos, evitar encostar as mãos na boca, no nariz, nos olhos para evitar a transmissão e tomar a vacina todo ano.

Os sintomas são:

– dores no corpo;
– febre alta;
– tosse;
– dor de garganta;
– coriza e nariz entupido;
– diarreia;
– e principalmente falta de ar.