Mesmo com apenas 18 meses da atual Administração Municipal, a população aguardava mais mudanças em diversos setores de Adamantina. Resultado: muitas críticas a gestão Márcio Cardim (DEM).

Porém, para o prefeito, a comunidade local ainda perceberá as transformações propostas e trabalhadas por sua equipe. “As pessoas têm que ter esta percepção, enxergar a mudança, não adianta tentar forçá-las a enxergar. Elas vão ver naturalmente. Assim que o projeto for caminhando, criando corpo, as pessoas vão perceber, até a própria população que muitas vezes não tem tanto acesso as informações vão começar a perceber, que começa a mudar. É claro que todo mundo espera que se mude em um passe de mágica. Isso não existe, é um trabalho, uma construção. Estamos no caminho certo”, diz o prefeito.

A confiança, demonstrada por Cardim durante entrevista ao IMPACTO, é devido às diversas conquistas neste um ano e meio de gestão que, segundo o prefeito, proporciona tranquilidade para o restante do mandato. “Estou realmente muito satisfeito, muito contente com esta equipe. As experiências que tenho de gestão pública, desde a época da Unesp e depois na FAI, não estava tão otimista como estou agora na Prefeitura. Vejo que estes 18 meses deram para me tranquilizar para o restante do mandato. Tudo que nós plantamos desde janeiro, não tem um projeto que não está dando certo, todos estão encaminhados”, diz Cardim.

Do tripé de sua campanha, a agricultura familiar é o setor pontuado pelo prefeito que ainda necessita avançar. “Talvez naquele tripé de campanha, a agricultura familiar é a que emperrou um pouquinho e acredito que agora andará também. E não foi culpa nossa, estamos atrás de local para montar um entreposto, a união não tem feito muito esforço para nos ajudar. Agora aparece que vai avançar um pouco. Tem um projeto junto com a UniFAI para poderemos trabalhar toda a cadeia produtiva, desde a produção até para colocar um produto mais apresentável na prateleira, ou seja, abraçar toda a cadeia produtiva. O Município, o Estado tem que ajudar estes produtores, estamos em uma região agrícola e, se não fizermos isso, o que iremos fazer? Então, estou muito satisfeito”, diz o prefeito, que completa: “peço para que a população continue acreditando, os resultados irão aparecer agora, ainda em 2018, e no próximo ano muito mais. Este sentimento que tenho, nunca tive um momento tão propicio, tão tranquilo. Gostaria de passar esta tranquilidade para população, para acreditar que vai dar certo, está dando certo, numa velocidade da área pública, que eu e ninguém gosta, mas é a velocidade da área pública”.