Se seu cabelo está caindo é necessário que comece um tratamento urgente. Talvez nem passou por processos químicos recentes e está fraco, ocasionando a queda. São vários os motivos: o estresse, a lavagem diária com água quente e a má alimentação. Para descobrir o que realmente acontece e evitar uma queda 100% , faça uma terapia capilar.

A médica Juliana Carvalho, da Clínica Bela Pelle, explica que o conceito de terapia capilar engloba tudo que é relacionado ao cabelo, desde tratamentos (alopecia androgenética, alopecia areata, eflúvio telógeno e fios quimicamente danificados) até doenças e afecções do couro cabeludo (foliculite, dermatite seborreica, caspa, psoríase, oleosidade e impregnação cosmética).

“Para isso, o paciente passa por uma análise médica detalhada feita por microscopia óptica polarizada (videodermatoscópio), que possibilita aumento de até 500 vezes, permitindo estudo da haste pilosa e couro cabeludo”, explica.

Após análise, a especialista indicará à terapia adequada as necessidades do paciente, que pode ser desde uma limpeza profunda do couro cabeludo com vacuoterapia e LED, para retirada de sujidades que obstruem os folículos, como também o uso de tecnologias, por exemplo, o ENDYMED, aparelho que, ao disparar 25 agulhas microagulhamento de ouro, promove microperfurações no couro cabeludo com objetivo de aumentar o fluxo sanguíneo, estimulando o crescimento de novos fios de maneira acelerada, além de permitir e aumentar a perfusão de ativos pela técnica de drug delivery (tratamento estético que vem sendo cada vez mais utilizado pelos dermatologistas para facilitar a permeação de produtos tópicos nas camadas internas da pele).

O uso de cosméticos botânicos, fitoterápicos, laser e aparelhos, como vacuoterapia, eletroterapia e LED, visam incentivar a estrutura da matriz celular do folículo piloso (papila dérmica). “Tais produtos, além de agirem naturalmente para ativação das células produtoras dos fios de cabelo, também absorvem a luz do laser que tem a função de otimizar as reações bioquímicas destes ativos e cosméticos, resultando em ganho na produção de fios”, enfatiza.

Em relação ao laser, Juliana Carvalho explica que age sobre os ativos (fotobiomodulação), tendo como alvo as células dos folículos pilo sebáceos, acelerando sua produção fisiológica. “Exames laboratoriais, uso de medicações orais e tópicas muitas vezes se fazem necessários para potencializar resultados terapêuticos. Para isso, é essencial a orientação profissional, que respeitará as particularidades de cada paciente”, orienta a médica, que completa: “É importante lembrar que para ter cabelos bonitos precisamos nos preocupar com a saúde dos fios e, principalmente, do couro cabeludo. Não devemos apenas aplicar cremes e cosméticos que ‘saem com a água’”, diz.

A especialista afirma ainda que não são apenas as doenças que causam queda de cabelo. “No dia a dia do consultório, vejo muitas pacientes com queixas de fios quebradiços, que não crescem, que perderam a elasticidade e o volume. Isso se deve à cultura de só cuidar dos fios e não se preocupar com o couro cabeludo. Além, é claro, do excesso de química (alisamentos e tinturas), que muitas vezes modificam a estrutura dos fios, desidratam e causam irritações no couro que culminarão na queda. O uso de produtos adequados para seu tipo de cabelo, aliado a tecnologias que otimizam e estimulam de forma eficaz e acelerada o crescimento dos fios fazem da terapia capilar o tratamento de escolha para quem quer cabelos saudáveis, fortes e bonitos”, destaca.

Juliana Carvalho, da Clínica Bela Pelle (Foto: Sandra Kobayashi)
Juliana Carvalho, da Clínica Bela Pelle (Foto: Sandra Kobayashi)

Centro avançado

A Clínica Bela Pelle inaugurou recentemente o primeiro Centro de Terapia Capilar da região, que conta com os melhores equipamentos e equipe especializada para cuidados com a saúde dos fios e couro cabeludo.

A clínica fica na avenida Vitório Romanini, 213 – Adamantina. Informações no: (18) 3521-2812.