Eder Ruete, juntamente com Paulo Cervelheira, cobra mudanças no trânsito

Sem respostas da Prefeitura de Adamantina, os vereadores Eder Ruete (DEM) e Paulo Cervelheira (PV) apresentaram novamente requerimento solicitando mudanças no trânsito local. Os parlamentares propõem a transformação de dois trechos em contramão de direção, após debate com o Conseg (Conselho Comunitário de Segurança).

A primeira solicitação foi realizada em março. Passado sete meses, os vereadores questionam os motivos das providências solicitadas não terem sido implantadas. “A proposta não surgiu de um dia para noite. O assunto foi pauta de discussão na reunião do Conseg, que após estudos chegou à conclusão que essa é a melhor alternativa para os citados trechos. A Polícia Militar é favorável à mudança, pois trará mais segurança à população”, destaca Ruete.

Segundo a proposta, o trânsito na avenida Bráulio Molina Frias (entre as ruas Antônio Schimidt Vilela e  Mario Oliveira) só será possível no sentido centro/bairro. O trecho é entre as escolas Madre Clélia, Fleurides e Helen Keller. “Neste espaço, não há comércio e existem poucas residências, não impactando no cotidiano que quem utiliza a via, apenas trará mais fluidez ao trânsito e segurança aos estudantes das três unidades de ensino”, explica o vereador.

Outro trecho em questão é da rua João Andrade, atrás da Santa Casa e Centro de Saúde, que também se transformaria em contramão de direção (sentido bairro/centro) devido ao excesso de carros, ambulâncias e caminhões, em dias úteis. “Por exemplo, um caminhão que precisa recolher o lixo hospitalar tem que ficar parado no meio da via, pois não há local adequado de estacionamento, o que dificulta a fluidez. Além disso, o estacionamento deste trecho é 45%, o que prejudica ainda mais o trânsito, principalmente de ambulâncias que transportam pacientes”, afirma o democrata.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here