Reitor da UniFAI, Prof. Dr. Paulo Sergio da Silva (à direita), solicitou prorrogação do Pibid em ofício enviado ao ministro da Educação José Mendonça Bezerra Filho

O reitor do Centro Universitário de Adamantina (UniFAI), Prof. Dr. Paulo Sergio da Silva, protocolou nesta quarta-feira, 28 de fevereiro, um ofício endereçado ao ministro da Educação José Mendonça Bezerra Filho no qual solicita a prorrogação do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (Pibid), medida que evitaria a extinção dos cursos de Licenciatura em diversas Instituições de Ensino Superior.

No documento, assinado também pelo prefeito de Adamantina Márcio Cardim (DEM) e protocolado na sede do MEC, em Brasília (DF), o reitor expõe a preocupação com a “complexa crise educacional” vivida pelas licenciaturas “diante do horizonte previsto para o Pibid”. “Diante desta exposição, consideramos inevitável o fechamento dos cursos voltados para as Licenciaturas, citando-se, de imediato, a não procura do curso de Geografia na UniFAI para este ano de 2018”, evidenciou.

Ao salientar a falta de professores nas escolas da região, o Prof. Dr. Paulo Sergio da Silva suplicou para que o ministro reconsidere a decisão de extinguir o programa. “Reiteramos, Exmo. Sr. Ministro, para aceitar o pedido de prorrogação do Pibid junto à DEB/Capes/MEC [Diretoria de Formação de Professores da Educação Básica] e propiciar o aumento das matrículas dos vestibulandos para 2018, tendo em vista a crise econômica existente no Brasil”, concluiu.