Neste inicio de ano, inúmeras opiniões sobre o valor do subsídio que os vereadores recebem foram emitidas pelos adamantinenses. Algumas bem fundamentadas, outras nem tanto e várias que não passam de diatribes de oportunistas. Como este assunto promete, resolvi trazer de volta um texto que escrevi há 13 anos, e que pode ajudar nessa importante discussão. Boa leitura.

Para a sociedade ser bem estruturada politicamente, é preciso que a maior quantidade possível de seus setores seja representada na política. Esse princípio é simples, mas sua colocação em prática em Adamantina é um enorme desafio, uma vez que, entre nós, o aumento do número de vereadores vem sendo tratado como um tema indigesto, especialmente nos últimos anos, em que, para dizer o mínimo, opinião pública e Câmara não se entendem.

Mas esse assunto não pode ser tratado como um tabu, considerando que o aumento de cadeiras na Câmara justifica-se plenamente, e por muitas razões. Vejamos algumas delas:

1º- com apenas nove vereadores, muitas ações são dificultadas, a exemplo da formação de comissões internas.

2º- com o número atual, dependendo da situação, os edis perdem o direito à privacidade do voto secreto, como se viu em polêmica votação ocorrida no primeiro semestre.

3º- muitas ideias interessantes para a cidade deixam de virar projeto por falta de vereador que se identifique com elas e as adote; com um número maior de representantes, esse problema seria minimizado.

4º- com um contingente reduzido, os poucos vereadores existentes correm maior risco de ser vítima de manobras de “estrategistas” de bastidores.

Gostaria, ainda, de jogar por terra o argumento simplista de que mais vereadores apenas signifique mais gastos: com mais vereadores, teremos mais representantes de deputados, portanto, mais chances de conseguir emendas parlamentares que beneficiem o município. Se o vereador conseguir uma emenda de R$ 100 mil a cada dois anos, o que não é impossível, ele paga seus salários e ainda traz muitas benfeitorias para a cidade.

Finalmente, nos cabe perguntar: será que o maior crescimento de Dracena e Osvaldo Cruz não tem se devido ao fato de que essas cidades possuam mais vereadores do que nós?

Obs: Em minha opinião é necessário que se aumente o número de cadeiras na Câmara para 13. Caso você pense diferente gostaria que justificasse sua opinião, para que assim fosse iniciado um debate saudável em nossa sociedade.