Durante a 1ª Feira de Adoção de Animais foram adotados quatro cachorros adultos, cinco filhotes e três gatos (Foto: Divulgação | Prefeitura)

No sábado (8), foi realizada na Praça Élio Micheloni a 1ª Feira de Adoção de Animais. A iniciativa foi do Projeto Conhecer para Proteger. Na oportunidade, foram adotados quatro cachorros adultos, cinco filhotes e três gatos.

Silvana Gonçalves, voluntária do projeto, avalia como positiva a ação. "Para 2019, já estamos programando a 2ª Feira de Adoção de Animais que deve ocorrer no mês de abril e vamos criar o agente ecológico por meio da ajuda de voluntários e veterinários", diz.

Para chegar à realização da feira, a voluntária conta que entrou em contato com a secretaria de educação do município, pois eles objetivavam conscientizar as crianças sobre a importância de cuidar dos animais.

"Conversamos com o secretário municipal, Osvaldo José. Ele realizou uma reunião com todos os professores. A partir disso, foram trabalhados em sala de aula os temas abordados em nossa cartilha", conta.

Segundo ela, a melhor forma de ajudar um animal é: resgatar, levar ao veterinário e encaminhar para adoção. "As pessoas precisam olhar com compaixão e devem entender que precisam cuidar de qualquer ser vivo", assegura.

Contudo, é possível ainda ajudar o abrigo por meio de doações tanto de tempo quanto por meio de recursos financeiros.

"Os animais precisam de ração, mas aqueles que quiserem podem trabalhar no espaço como voluntário. É possível ainda compartilhar os posts feitos nas redes sociais e, ainda, buscando mais informações sobre o tema", comenta.

Ela explica que a melhor forma de resolver o problema de animais abandonados é apostando na castração. "Só por meio da castração é que teremos uma cidade ecologicamente saudável", assegura.

Durante a feira, eles foram convidados para levar o projeto até a cidade de Osvaldo Cruz. "Gostaria de agradecer a Prefeitura Municipal por ter disponibilizado seus funcionários na montagem das tendas e por ter cedido à praça para a realização da nossa feira", finaliza.

Serviço

Aqueles que quiserem adotar um cachorro ou gato podem visitar a Associação Pelos e Patas que fica Francisco Jose de Azevedo 605, Jardim Iguaçu. Em caso de maus tratos, as denúncias devem ser feitas para a Polícia Militar.