O comércio eletrônico vem ganhando força no Brasil nos últimos anos. Os consumidores, porém, devem ficar atentos às dicas de segurança para evitar que a solução acabe se tornando uma armadilha.

De acordo com estimativas da e-bit, cerca de 64 milhões de brasileiros são usuários de internet atualmente. Desses, cerca de 30 milhões utilizam os serviços de internet banking e também fazem compras na internet. Apenas no Natal, a previsão foi de que o faturamento com as vendas on-line chegue a R$ 1,6 bilhão.

“Na internet, não tem mais ou menos problemas do que no comércio convencional”, disse o coordenador do Procon local, Silvio Eduardo de Lucas, que sugere que o cliente que nunca fez compras na rede deve começar com sites indicados por amigos ou mais tradicionais.

Se o produto vier muito diferente do adquirido pelo cliente, ou com defeito, é preciso procurar, primeiro, a empresa que fez a comercialização. Se o problema não for resolvido, os usuários devem procurar o Procon. “O usuário é amparado pelo CDC (Código de Defesa do Consumidor) também na internet”, orienta.

Desistência da compra, o consumidor tem um prazo de sete dias a partir do recebimento do produto conforme determina o art. 49 do CDC.

Black Friday

Para a promoção desta sexta-feira (24) a dica do coordenador do Procon é que se analise a real necessidade de compras e defina o orçamento máximo que pretende gastar. “Lembre-se de não comprometer mais de 30% dos seus rendimentos com dívidas, prestações, financiamentos e/ou parcelamentos”, disse Lucas.

Outra recomendação é verificar os preços antecipadamente. “Isso pode ser feito por meio dos sites das empresas que participarão da Black Friday e de outros fornecedores, inclusive na data da liquidação. Evite o risco de cair na armadilha de falsas promoções que não são tão vantajosas como o anunciado. Não esqueça de observar atentamente a descrição do produto, compare-o com outras marcas e certifique-se de que ele suprirá suas necessidades”, finaliza Silvio Eduardo de Lucas.

Serviço

Mais informações podem ser obtidas no Procon local, que fica na alameda dos Expedicionários, 864 – próximo ao Campus I da UniFAI (Centro Universitário de Adamantina).
Print

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here