Sérgio Vanderlei é nomeado conselheiro do Sesc mandato 2018/2022 (Foto: Miguel Toninato)

O presidente do Sincomercio Nova Alta Paulista (Sindicato Patronal do Comércio Varejista) Sérgio Vanderlei foi nomeado conselheiro do SESC (Serviço Social do Comércio) para o mandato 2018/2022. A posse do seleto grupo de 20 conselheiros aconteceu na terça-feira (26), na sede da Fecomercio (Federação do Comércio de Bens e Serviços do Estado de São Paulo), mantenedora do chamado Sistema S (Sesc e Senac).

Além de conselheiro do SESC, Sérgio Vanderlei também foi indicado a diretor efetivo da Fecomercio para o mesmo mandato 2018/2022, que tem a frente o presidente Abram Szajman.

O Sincomercio Nova Alta Paulista se destaca no Estado de São Paulo pela importante atuação na defesa dos interesses dos empresários. A base compreendida pelos municípios de Adamantina, Mariápolis, Flórida Paulista, Irapuru e Junqueirópolis, recentemente foi estendida até Dracena, num total de 5 mil empresas representadas.

A atuação do Sincomercio se concentra na assinatura da CCT (Convenção Coletiva de Trabalho) frente às mudanças da nova Lei Trabalhista, definição dos horários de funcionamento do comércio e na prestação de serviços (certificação digital, assessoria jurídica, promoções, cursos e outros).

“Esta indicação acredito ser em decorrência do trabalho sério que desenvolvemos na Nova Alta Paulista sempre na defesa e no equilíbrio dos interesses da classe empresarial”, ressalta Sérgio Vanderlei. “Agradeço e espero honrar estas indicações com a mesma seriedade e empenho em favor de uma sociedade mais justa e igualitária”.

O SESC
Mantido pelos empresários do comércio de bens e serviços, turismo e serviços o SESC é uma entidade privada que tem como objetivo proporcionar o bem-estar e qualidade de vida aos trabalhadores deste setor e suas famílias. Presente em todos os Estados brasileiros, o Sesc promove ações no campo da Educação, Cultura, Lazer e Assistência.

As ações do SESC propagam princípios, humanísticos e universais, promovendo maiores condições de vida aos funcionários do comércio. As atividades seguem modelos de ação construídos por especialistas de diversas áreas, garantindo que a atuação seja adequada às necessidades da sociedade. São mais de 19 mil funcionários produzindo e recebendo informação para a melhoria dos serviços.