Emerson Baptiston, secretário de Agricultura, Abastecimento e Meio Ambiente, reforça as boas práticas de poda durante capacitação (Foto: Divulgação | Prefeitura)

A Prefeitura de Adamantina intensificará a fiscalização de podas urbanas a partir de janeiro de 2019. A medida foi anunciada durante capacitação aos podadores particulares, quando foram reforçadas as boas práticas da atividade.

Tal ação realizada pela SAAMA (Secretaria de Agricultura, Abastecimento e Meio Ambiente) é importante, pois objetiva-se uma melhor formação da copa, o menor índice de supressão de árvores devido a doenças, para evitar podas inadequadas nas novas espécies implantadas uma vez que algumas não suportam podas radicais como era a prática antiga, para amenizar o forte calor desta época do ano, na intensificação do índice de chuvas na área urbana e na diminuição da poluição atmosférica.

A membro do Município VerdeAzul, Nadine Bento Silva, explica que a poda melhora o aspecto paisagístico, desobstrui o passeio público, que são as ruas e calçadas, e em alguns casos serve para retirar galhos doentes ou que possam causar acidentes, deixando a copa mais leve e limpa.

“Por outro lado, a ausência da poda gera má formação das árvores e/ou galhos, copas densas e sujas que podem abrigar animais peçonhentos ou que tragam algum risco para os munícipes, obstrução de passeio publico, copas pesadas e a quebra de galhos doentes”afirma.

A poda dependendo da espécie da árvore e do tamanho precisa ser feita pelo menos uma vez ao ano.

“A poda errada também é um problema, pois gera enfraquecimento da árvore, facilita a entrada de doenças, possibilita a formação de brotação deformada, aumenta o risco de queda de galhos e em certos casos pode causar a morte do espécime”, finaliza.