Escola de Construção Civil (Foto: Cedida | Prefeitura)

Em um período de crise, como o país atravessa, as oportunidades de emprego são escassas. E, quando existem, a concorrência é grande. Por isso, a necessidade de buscar qualificação profissional para a conquista da tão sonhada inserção no mercado de trabalho.

Em Rinópolis, a população tem a oportunidade de se qualificar, além de ampliar sua área de atuação, por meio de cursos oferecidos pelo Fundo Social de Solidariedade.

Durante todo o ano de 2018 foram diversas as oportunidades de aprendizado. Padaria artesanal, soldador de carreta, técnicas em vendas, assistente administrativo, atendimento em recepção e metrologia foram alguns dos cursos disponibilizados, beneficiando dezenas de pessoas da cidade, de diversas faixas etárias.

“Estamos contentes porque abre o mercado de trabalho para as pessoas que não tinham oportunidade e possibilita uma mudança na perspectiva de vida. Além disso, pode gerar uma renda extra”,  disse o José Ferreira de Oliveira Neto, que deixa sua mensagem a população. “A Prefeitura está fazendo a sua parte, oferecendo oportunidade para a população se qualificar. Agora, também, contamos com o empenho dos rinopolenses para que busquem e participem das profissionalizações”.

Os cursos também contribuíram com a cidade. Alunos dos CEIs (Centros Educacionais Infantis) receberam novos uniformes confeccionados pelo projeto Costurando o Futuro. No Centro Administrativo Municipal, que leva o nome do ex-funcionário público Nélson Consolin Testa, estão instalados os departamentos de Promoção e Assistência Social, Fundo Social, Educação, Esporte e Cultura, Banco do Povo, Procon, Conselho Tutelar, Divisão de Engenharia, além da Casa do Artesão.

Para realizar as melhorias a Prefeitura utilizou a mão de obra dos cursos profissionalizantes disponibilizados pelo Fundo Social, o que possibilitou economia ao Município e capacitação para os alunos de Construção Civil.

O setor Social de Rinópolis realizou outros importantes trabalhos durante o ano. Sob o comando da primeira-dama Márcia Lopes Bizuti de Oliveira, parte da população da cidade em vulnerabilidade social é atendida por programas governamentais e projetos de inserção.

Curso Time do Emprego (Foto: Cedida | Prefeitura)

Entrega de uniformes confeccionados pelo Projeto Costurando o Futuro (Foto: Cedida | Prefeitura)

Cursos de Técnico em Vendas e Assistente Administrativo (Foto: Cedida | Prefeitura)

Curso de soldador na carreta do Via Rápido - Etec Amin Jundi (Foto: Cedida | Prefeitura)