Prefeitura solicita prorrogação de prazo do aterro sanitário

Foi apresentado plano de trabalho que objetiva dar uma sobrevida ao aterro municipal, pois o prazo estipulado pela CETESB é 28 de fevereiro de 2019

Prefeito Márcio Cardim em reunião na Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente, com o secretário Marcos Penido (Foto: Divulgação)

Na terça-feira (29), o prefeito Márcio Cardim (DEM) e o deputado estadual Mauro Bragato (PSDB) estiveram na Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente, com o secretário Marcos Penido.

O encontro teve como objetivo a apresentação de um plano de trabalho que objetiva dar uma sobrevida ao aterro municipal, pois o prazo estipulado pela CETESB (Companhia Ambiental do Estado de São Paulo) é 28 de fevereiro de 2019.

“Todos sabem que nosso aterro sofreu ausência de cuidados em 2013 e 2014 por negligência da gestão pública da época e hoje, o município paga um preço muito alto”, afirma o prefeito.

Na oportunidade, foi solicitado ao secretário empenho e agilidade na emissão de Licença de Instalação (LI) da empresa TCL, que está montando um aterro regional no bairro Adelândia.

“Acreditamos que vamos ser atendidos, continuando a operação do plano do nosso aterro municipal até a liberação da LI para a TCL”, salienta.