Como no ano passado, expectativa é a participação de grande público no leilão de gado do PAI Nosso Lar (Foto: Arquivo Pessoal)

Desde que iniciou o processo de reestruturação, o PAI Nosso Lar (Polo de Atividades Integradas) – antiga Clínica de Repouso – conta com grande parceiro para continuidade do atendimento: a população de Adamantina. E, no próximo dia 11 de novembro, a entidade busca novamente o apoio da comunidade local para o 18º Leilão de Gado.

O evento beneficente visa angariar recursos para manutenção dos serviços prestados pela instituição e para o pagamento de 13º salário aos colaboradores do PAI Nosso Lar.

“No momento a instituição passa por reestruturação, com uma nova proposta que se acredita que trará resultado satisfatório e eficaz no tratamento dos pacientes, baseado na humanização do atendimento e otimização dos recursos. Por isso contamos mais uma vez com a colaboração da comunidade, seja com qualquer tipo de doação ou a participação no almoço que será servido no local”, convida o presidente da entidade, José de Oliveira Santos Neto.

O PAI Nosso Lar realiza atendimento em internações psiquiátricas, contando atualmente com 144 leitos, todos ocupados e conveniados exclusivamente com recursos do SUS (Sistema Único de Saúde).

Deste total,  54 são pacientes portadores de graves deficiências mentais e físicas, sendo sua maioria desamparada de familiares e que há longos anos reside na instituição, tendo na mesma o seu único e verdadeiro lar e nos demais pacientes e trabalhadores da ‘Clínica de Repouso’, a sua única e verdadeira família.

A ação beneficente será realizada no recinto poliesportivo, a partir das 11h, quando será servido o almoço, que contará com feijão gordo, arroz, saladas, churrasco bovino e suíno, vinagrete, mandioca e doces caseiros. Às 13h está marcado o início do leilão de gado e prendas.

O valor do convite está sendo vendido à R$ 25, no PAI Nosso Lar, na sede da OAB de Adamantina (Ordem dos Advogados do Brasil) e na secretaria da Paróquia Santo Antônio.

Mais informações e doações pelos telefones: (18) 3521-1875, 3521-2482 e 9.9718-1984.