Posto de atendimento do Ministério do Trabalho fecha no dia 29, em Adamantina

Uma parceria entre a Prefeitura de Osvaldo Cruz e o Ministério do Trabalho deve abrigar o posto do Ministério que funciona até o dia 29 em Adamantina e que será fechado.

As atividades relativas a homologações trabalhistas e recursos do seguro desemprego, que eram feitas em Adamantina, poderão ser realizadas em Osvaldo Cruz. O posto deve funcionar na sede da Secretaria Municipal de Indústria e Comércio, juntamente com o PAT (Posto de Atendimento ao Trabalhador) e a Agência do Sebrae e o Banco do Povo e o Departamento Municipal de Trânsito na avenida José Siqueira 20-A.

Rescisões

O chefe da agência do Ministério do Trabalho, Ciro Pasotti Durighetto, explica que o fechamento do posto não trará prejuízos à população, já que a partir de 12 de novembro as rescisões contratuais não precisarão mais ser homologadas e podem ser feitas diretamente com os empregadores. Hoje, o procedimento é obrigatório no desligamento de funcionários com mais de um ano de trabalho.

Seguro Desemprego

Ainda, segundo Durighetto, a partir de janeiro as próprias empresas também ficarão responsáveis pelos recursos do seguro desemprego.

Os funcionários terceirizados da agência serão demitidos e os emprestados pela Prefeitura voltarão a prestar serviço ao município. Já o efetivo será direcionado ao PAT de Osvaldo Cruz. No ano passado, as agências localizadas em Dracena e Osvaldo Cruz também foram fechadas, com a justificativa de reduzir custos.

A previsão é que o funcionamento dos serviços do Ministério do Trabalho ocorram em Osvaldo Cruz a partir da próxima segunda-feira, dia 1º.