Notícias quentes dos bastidores do mundo esportivo

Jar Kbça assina a coluna LÍNGUA QUENTE que destaca os bastidores do esporte adamantinense e regional

Apoio: Supermercado Godoy/Rede Smart

  • A diretoria da Associação dos moradores do Jardim Paulista (Nilza, San Fernando e Novo Horizonte) em parceria com a família Souza e Silva comunica a mudança do Festival Esportivo de Futsal do Dia das Crianças (categorias menores) para 1 de outubro, a partir das 8h30, na quadra esportiva do projeto Asa .
  • Segundo os organizadores, nesta competição os dirigentes das equipes não poderão inscrever nenhum jogador de outra cidade. Caso isso ocorra, as times serão punidos por um ano afastado deste evento.
  • Uma vergonha sem explicação é a equipe de futsal de Adamantina, que deu tantas alegrias e títulos ao município ir competir nos Jogos Abertos do Interior, com apenas cinco jogadores e ainda dar vexame em quadra. Lamentável.
  • Temos que enaltecer o trabalho do treinador Luis Octavio, que se esforçou para que os jogadores pudessem competir nos Jogos Abertos, mesmo com afinco foi impossível contar com todo elenco.
  • Algumas mudanças seriam fundamentais para a área esportiva adamantinense. Em primeiro lugar, trocar o nome Selar que já esta dando vergonha há muito tempo. Segundo, não trazer de volta ex-secretários ou diretores para atuar. Terceiro, não ter nenhum cargo comissionado e só aproveitar funcionários concursados. Em quarto lugar, fazer fusão com a secretaria de educação e cultura, deixando o comando para a pasta da Educação. Em quinto lugar, promover redução no quadro de funcionários que atualmente conta com 17 nomes. O ideal será permanecer com seis ou sete. E por fim, colocar um coordenador de esportes com experiências que tenha vontade de trabalhar e responsabilidades.
  • Nos bastidores corre a notícia de que a Selar – estaria sendo responsável pela administração do bar – em várias competições esportivas que acontecem no Ginásio de Esportes ‘Paulo Camargo’. Minha única dúvida é para quem está sendo revertido o dinheiro com a venda de bebidas. Espero que não seja para particulares e sim para reforçar o caixa da Selar e manter as despesas da competição ou outras modalidades. Estou de olho e vamos cobrar.
  • Uma vergonha uma cidade como Adamantina que já foi uma das melhores em organizar competições esportivas que dava inveja a outros municípios , desde maio não se quer promover nenhuma competição . Falta de competência e pouco trabalho . Ainda bem que falta três meses para mudar tudo isso.
  • Só espero que alguns treinadores do campeonato regional de futsal (categorias menores), não façam gracinhas arrumando confusões com jogadores e treinadores das equipes adversários e árbitros.
  • Fique sabendo que uma das equipes de atletismo com deficiência que representou Adamantina/Selar nos Jogos Abertos não comparece a competição e deu W.O. De quem será foi a culpa pela falta da equipe?