Armas apreendidas pela Polícia Militar com menores em Lucélia (Foto: Cedida | Polícia Militar)

Durante patrulhamento próximo ao acesso a SP-294 (rodovia Comandante João Ribeiro de Barros), policiais militares se depararam com dois jovens em uma motocicleta, sendo que a garupa portava um objeto aparentando ser uma arma de fogo. O fato ocorreu no início da noite desta terça-feira (13), em Lucélia.

Com a suspeita, os policiais realizaram acompanhamento e pararam os jovens na rua Abrão Daud Chade, no Jardim América. Ao realizarem a abordagem, foi constatado que o passageiro estava com duas espingardas de pressão, uma delas modificada para utilização de munição calibre 22, tornando-a arma de fogo, e com o motorista foi encontrado um relógio de pulso Rolex e uma pulseira aparentemente de ouro.

Questionados, os jovens de 17 anos confessaram ter furtado os objetos momentos antes e disseram o local do crime. Lá, os policiais foram informados de quem pertencia à residência, já que não havia ninguém na casa.

Em seguida, os policiais foram até à residência do genitor da vítima, onde o mesmo se encontrava. Quando a vítima chegou ao local dos fatos, reconheceu os objetos furtados, sendo assim foi dada voz de apreensão aos menores.

Ao verificar juntamente com a vítima/indiciado se algo mais havia sido furtado, os policiais localizaram no quarto do mesmo quatro munições calibre 22, marca CBC, intactas.

Diante dos fatos, foi dada voz de prisão à vítima/indiciado por infringir o art. 12 da lei 10826/03 (possuir ou manter sob sua guarda arma de fogo, acessório ou munição, de uso permitido, em desacordo com determinação legal ou regulamentar, no interior de sua residência ou dependência desta, ou, ainda no seu local de trabalho, desde que seja o titular ou o responsável legal do estabelecimento ou empresa: Pena – detenção, de um a três anos, e multa). Ele pagou fiança e foi liberado.

Os adolescentes, após serem ouvidos, foram liberados aos pais. A motocicleta permaneceu apreendida.

(Foto: Cedida | Polícia Militar)