Apoio: Carlinhos Despachante ‘Bibi’ e Supermercado Godoy/Rede Smart

  • Mesmo com a goleada imposta diante da equipe das Acácias F.C. no final de semana, durante a 3ª edição do Campeonato Interfardão. O clima entre o treinador Diego Boreli, da Conap F.C., não foi dos melhores com um dos jogadores da equipe.  O motivo seria um ‘bate boca’ envolvendo uma jogada. O clima só foi contornado com a chegada de outros jogadores e tudo ficou em paz.
  • Comenta-se que no confronto entre o Bodão F.C e San Remo E.C, realizado durante  3º campeonato interfardão no final de semana passado, onde  a primeira equipe foi derrotada por 1 a 0, o desfalque da equipe do Bodão – foi  o treinador  João Pedro. Dizem que ele esteve ausente por não querer enfrentar seu particular amigo Lui goleiro, do time adversário.
  • Na carreira de vários treinadores de futebol os resultados negativos inesperados fazem os dirigentes trocar o comando das equipes. Mas, com Alex Fratello´s foi diferente. Indicado pelo presidente Dieguinho da equipe da Conap para comandar o time no Interfardão, a equipe comandada por Alex venceu duas vezes seguidas e mesmo assim os dirigentes não pouparam o treinador que foi demitido juntamente com o preparador físico Domingos Rocetão. Dizem que o motivo das demissões foi por terem tomado quase duas caixas de cerveja da confraternização que seria realizada pela equipe no dia seguinte.
  • Fontes informara o Língua Quente que a Tocha Olímpica, que vai passar por  Presidente Prudente , Marília,  Assis, Ourinhos e outras cidades da região, estava sendo cogitada para passar pela ‘Cidade Joia’, mas devido a pendências na Secretaria Estadual de Esportes referente ao Projeto Atleta 2000, e praças esportivas interditadas não foi possível. Agora a melhor opção e tentar a Tocha dos Jogos Regionais de Tupã.
  • No inicio de dezembro o que se comentou em Adamantina, foi um verba conquista para a adequação e reformas do Estádio Municipal ‘Antônio Goulart Marmo’, que até agora continua interditado. Já se passaram seis meses e o inicio dos trabalhos que deveriam ter duração de seis meses até agora não foi realizado. Mais uma vez o sonho dos esportistas de ver jogos e fazer suas caminhadas não será realizado. Lamentável.
  • O comentário nos bastidores esportivo de Lucélia é que o Estádio Municipal ‘José de Freitas Cayres’ – interditado há vários anos, – deverá ser liberado dentro de 90 dias, após adequação e O local voltará a ser utilizado para treinamentos e competições de categorias menores, varzeanos e veteranos, além de pista de caminhada para a população. Só espero que esta notícia não seja uma estratégica para campanha política. Estamos de olho!