Apoio: Supermercado Godoy/Rede Smart 

Com a chegada do time da Conap, mais uma vez na disputa da final do Campeonato Interfardão (categoria aberto), o que se vê agora, são vários intrusos ou bicunhas se aproximando do competente treinador  Diego Boreli. Acredito que querem descolar uma boquinha de auxiliar técnico ou saírem na foto. Aí fica fácil, né?

Em uma competição de futebol (categorias menores) promovida em uma cidade da região, por sinal muito bem organizada, o mau exemplo da organização imperou. Os árbitros que atuaram no evento vestiam calça jeans, bota de cowboy e óculos escuros e para piorar o apito era de guarda noturno.

Segundo comentários nos bastidores esportivo, a baixa na delegação adamantinense que vai disputar  os jogos regionais  em Osvaldo Cruz  será nas modalidades de basquete e handebol. Não sabemos o motivo que as referidas modalidades não estarão na competição. Será que falta verba para trazer atletas de outros estados?

O mirandopolense  Ronaldo Pereira Dutra, o ‘Tuíuiu’, que esteve no comando da Selar durante sete anos, deverá voltar  ao cargo com muita competência. O bom trabalho dele deixou saudade nos esportistas até hoje.

A notícia do Estádio Municipal ‘José de Freitas Cayres’ de Lucélia, divulgada no programa esportivo da rádio Difusora AM, que estaria muito em breve reiniciando as obras não aconteceu. São 11 anos sem futebol na cidade. Pelo jeito tudo não passou apenas de promessa política.

Já está nítido em Adamantina os tapinhas nas costas, o aceno de mão de vários pré-candidatos  à vereadores que  participam dos eventos esportivos. Mais uma vez, muitos vêm com as ‘velhas promessas’ de sempre, além de prometer jogos de uniformes para as equipes. Só para lembrar aos nobres políticos que os esportistas estão vacinados contra falsas promessas. Nem percam seu tempo, ok.

Só espero que durante a campanha eleitoral os candidatos não façam falsas-promessas aos esportistas adamantinenses de que tem em mãos um projeto para trazer de volta o time do Guarani Futebol Clube ou do Adamantina Futsal, além da construção de um novo estádio ao lado Ginásio Poliesportivo, quitarem o débito com o Estado do Projeto Atleta 2000, um novo ginásio de esportes no Parque dos Pioneiros, uma quadra de apoio ao lado do Ginásio ‘Paulo Camargo’, um campo de futebol médio no Jardim  Paulista ou conseguirem a reabertura das praças de esportes da cidade. Não iremos acreditar em nenhuma destas promessas.

Fontes ligadas ao esporte adamantinense, afirma o luceliense Ricardo Mendes, que  atualmente desenvolve um ótimo  trabalho na Escola Estadual Eurico Leite de Moraes, no Jardim Adamantina,  está sendo sondado para voltar a trabalhar na Selar. Se isso acontecer realmente será excelente para o esporte local, afinal o Ricardo é muito competente no que faz.