Língua Quente, edição 04 de dezembro

Coluna publicada semanalmente no JORNAL IMPACTO de Adamantina

jair-kbça-04-1100x17811Apoio: Carlinhos “Bibi” Despachante, Brechó do ‘Cida’ e Supermercado Godoy 

Língua Quente I

Neste final de semana, teremos um evento organizado pela Secretaria  Municipal de Esportes, no Câmpus III da FAI. Só espero que neste evento, todos os funcionários marquem presença dando apoio e colaborando com o secretário Pedro Milanesei.  Algumas pessoas deixam à desejar neste sentido. Não participam de nenhum evento e inventam sempre compromissos no mesmo dia.

Língua Quente II

Perguntar não ofende. Por que a Secretaria Municipal de Esportes tem tantos funcionários? São cerca de 15, além de 2 diretores. O pior, que não se vê uma competição esportiva realizada na cidade, desde o último Campeonato Interfardão. Será que não seria a hora de cortar gastos e manter realmente quem é pontual na sua área de trabalho e produz de fato alguma coisa?

Língua Quente III

Em Lucélia, o diretor de esportes Marcelo Grego, trabalha com seis funcionários e em todas as competições, a equipe está sempre no ‘batente’ participando ao lado do Marcelo. Isso se chama trabalho.

Língua Quente IV

Algumas secretarias de Esportes da região contam apenas um diretor que tem a  obrigação de coordenar bem sua função. Alias, a nossa secretaria de Esportes conta com dois diretores. Não entendo o motivo, afinal, um diretor já daria conta do recado. Vamos cortar gastos minha gente…

Língua Quente V

Não me pergunte em qual cidade da região, mas comentam que tem funcionário na pasta de esporte que quando chega o mês da disputa dos  Jogos Regionais e dos Abertos começa a se ficar com medo de ser escalado e inventa mil desculpa para não ir. Uma coisa é certa: trabalhar na área de esportes e cultura tem que permanecer à disposição. Isso é fato!

Língua Quente VII

Com a chegada da competente Beth Meirelles no comando da secretaria da Educação e dando as cartas no esporte e cultura, já imaginou se ela colocar um relógio de ponto no Ginásio de Esportes? Iguais aqueles que os funcionários do almoxarifado, agricultura, edifício da Osvaldo Cruz e outros. Como seria?

Língua Quente VIII

Segundo comentários nos bastidores a quadra do Projeto Asa deverá passar por uma  grande reforma. Uma ótima notícia para os jovens que utilizam o projeto e para a Associação dos Moradores do Jardim paulista que também utilizam o mesmo espaço. Mas quando será começará a reforma?