Justiça determina bloqueio do WhatsApp por 72 horas

Tim, Oi, Vivo, Claro e Nextel receberam a determinação e disseram que irão cumprir a determinação

A Justiça determinou o bloqueio, por parte das operadoras de telefonia fixa e móvel, do aplicativo de mensagens WhatsApp em todo o País pelo período de 72 horas.

A medida passa a valer a partir das 14h desta segunda-feira (02); a decisão é datada de 26 de abril, pelo juiz Marcel Montalvão, da comarca de Lagarto, em Sergipe.

Tim, Oi, Vivo, Claro e Nextel receberam a determinação e disseram que irão cumprir a determinação. Caso haja descumprimento, as operadoras estarão sujeitas a multa diária de R$ 500 mil.

Em dezembro do ano passado, o WhatsApp chegou a ser bloqueado por 48 horas por causa de uma investigação criminal. No entanto, a decisão não durou o período estipulado.

À época, o bloqueio tinha sido uma represália da Justiça contra o aplicativo por este ter se recusado a cumprir uma determinação de quebra de sigilo de dados trocados entre investigados.

Marcel Montalvão é o mesmo juiz que, em março deste ano, mandou prender o vice-presidente do Facebook para a América Latina, Diego Dzodan.