Droga, dinheiro e celulares foram aprendidos após denúncia de tráfico em Adamantina (Foto: Polícia Militar/Cedida)

Dois irmãos, de 20 e 30 anos, foram presos em Adamantina nesta segunda-feira (8) pelos crimes de tráfico de droga e receptação e pelo cumprimento de um mandado de prisão que estava em aberto.

A Polícia Militar recebeu informação de que um dos irmãos estaria na prática de tráfico de droga e com um celular furtado escondido em sua residência.

Os militares foram ao local indicado, no Jardim Brasil, e tiveram autorização dos moradores para entrar no imóvel. O suspeito denunciado foi localizado e, segundo a PM, alegou que havia comprado o celular por R$ 40 e indicou onde estavam escondidos dois tabletes de maconha (24 gramas), os quais seriam fragmentados para a venda posterior. Os policiais também encontraram R$ 190, em notas diversas, na carteira do abordado.

Diante dos fatos, o morador recebeu voz de prisão por tráfico de droga e receptação.

A Polícia Militar também prendeu o irmão do abordado, devido a um mandado de prisão expedido contra ele que estava em aberto.

Aviso de blitz

Uma mulher, de 22 anos, amásia do rapaz que estava foragido da Justiça, também foi conduzida para a Delegacia da Polícia Civil, em Adamantina, pelo crime de atentado contra a segurança ou funcionamento do serviço de utilidade pública, uma vez que foram encontradas mensagens em seu celular que informavam sobre ações policiais, como blitz e operações.

Na delegacia, os irmãos tiveram suas prisões ratificadas e permaneceram à disposição da Justiça. A mulher foi ouvida e liberada.