Diretoria da Inova FAI: Leonardo Neiva (presidente), Caio Janeiro (financeiro), Henrico Queçada (Jurídico) e Gabriel Donizete (recursos humanos) (Foto: João Vinícius | Grupo IMPACTO)

Em um mundo econômico cada vez mais competitivo, trabalhar de forma profissional é requisito mínimo para permanência no mercado. Porém, muitas empresas necessitam de consultorias administrativas para melhorar suas gestões.

Com objetivo de agregar ao comércio local, além, é claro, de oferecer uma oportunidade de aperfeiçoamento aos estudantes universitários e uma forma de ingressar ao mercado de trabalho, a empresa júnior Inova FAI disponibiliza consultorias aos empresários de Adamantina.

Em parceria com Sincomercio Nova Alta Paulista (Sindicato do Comércio Varejista), que cedeu espaço em sua nova sede para aproximação dos comerciantes da cidade com os alunos da UniFAI (Centro Universitário de Adamantina), a agência Inova FAI quer contribuir com o empresariado local.

“Já estamos abertos para população. Queremos fomentar o empreendedorismo em nossa cidade, contribuir com as empresas e, ao mesmo tempo, desenvolver os alunos para o mercado de trabalho”, diz o presidente da Inova FAI, Leonardo Neiva – que é estudante de Medicina da Instituição. “Em 30 dias esteve atendimento será presencial, já que estaremos atendendo na nova sede do Sincomercio Nova Alta Paulista”. Além de espaço no Sindicato do Comércio Varejista, a Inova FAI também terá uma sede na UniFAI.

As consultorias oferecidas pela empresa júnior são administrativas, jurídicas e de marketing. Os empresários trazem suas demandas e projetos para Inova FAI, que realiza um estudo de viabilidade e, em seguida, faz a seleção dos alunos para realizar a consultoria.

“Os estudantes preencherão formulários, com as demandas do negócio, e serão selecionados pelos professores da Instituição. Após esta etapa será feita a consultoria, desenvolvida pelos alunos e com suporte dos professores e coordenadores de cursos”, explica.

Inicialmente, as consultorias serão gratuitas, mas posteriormente haverá a cobrança de taxa simbólica para manutenção das atividades da empresa júnior. “Nosso foco não é lucrar e, sim, adicionar ensino e contribuir com o desenvolvimento educacional e econômico da região”.

Além de consultorias, a Inova FAI traz cursos de aperfeiçoamento aos estudantes, como de anatomia, que ocorrerá entre os dias 24 e 26 de agosto com conteúdo elaborado por profissionais da USP (Universidade de São Paulo), e futuramente também oferecerá oportunidades de qualificação aos empresários de Adamantina.

“A ideia de se formar a empresa júnior surgiu entre 10 e 15 anos atrás no curso de Administração. Porém, não foi efetivada. Em abril de 2017, a proposta saiu do papel e foi montada a empresa júnior da UniFAI. Como a maioria dos alunos envolvidos estavam no último ano de suas graduações, não foi exercida seu papel – adicionar uma prática empresarial ao ensino. Agora, em nossa gestão, que iniciou em abril, estamos trabalhando para colocar os projetos em prática”.

O primeiro deles foi desenvolvido pelos alunos de Engenharia Civil Giovani Marcheti Mantovani e Edson Vinícius Holodniak, que elaboraram projeto de revitalização da praça Bazilio Colombo Marini a pedido do Sincomercio Nova Alta Paulista. “Estamos abertos para atender os anseios da comunidade”, pontua.

Para que as propostas da empresa júnior sejam efetivadas com eficiência, o presidente da Inova FAI acompanhou, no último mês, o trabalho da Universidade de Brasília, onde encontro embasamento teórico e prático para o desenvolvido das propostas da empresa júnior também em conjunto com o Centro Universitário de Adamantina e a Prefeitura.

“A empresa júnior engloba todos os cursos da Instituição, não criaremos objeções, queremos que os alunos participem, colaboram e adquirem conhecimento. Para isso estamos trabalhando para oferecer um suporte adequado, de forma a garantir que a Inova FAI colabore para o desenvolvimento da consciência empreendedora na UniFAI”, disse.

Além disso, a Inova FAI está se filiando a Fejesp (Federação das Empresas Júnior do Estado de São Paulo), o que marcará a presença da UniFAI nas decisões envolvendo a categoria em todo o Estado. “Fomos elogiados pela Fejesp pela organização jurídica, o que mostra que o trabalho que estamos desenvolvendo está no caminho correto”.

Em apenas quatro meses de funcionamento, o patrimônio da Inova FAI chegou às R$ 10.552,00, recursos que serão utilizados para o financiamento e desenvolvimento dos projetos. “Todo o trabalho realizado é transparente. Apresentamos relatórios em todos os encontros dos Conselhos Universitários, além de enviar para o e-mail institucional da Câmara Municipal, para mostrar que todo o dinheiro arrecadado com os cursos e afins serão investidos em benefício ao aluno”, afirma.

Além de Leonardo Neiva, a diretoria da empresa júnior é formada por Henricow Queçada (Jurídico), Gabriel Donizete (Recursos Humanos), Abigail Fernanda (Administrativa), Caio Janeiro (Financeiro), Vitor Miguel (Marketing) e Mateus Vinicius (diretor de Projetos).

Aos interessados em buscar parceria com a empresa júnior podem entrar em contato pelo e-mail: empresajr@fai.com.br ou pelo telefone: (18) 9.9778-3227.

Diretoria da empresa júnior durante coletiva de imprensa na segunda-feira (6) (Foto: Cedida | UniFAI)