Lançamento do Censo Agropecuário em Adamantina foi realizado na manhã desta segunda-feira (2), na Prefeitura (Foto: João Vinícius | Grupo IMPACTO)

O IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) lançou oficialmente o Censo Agropecuário 2.017 na manhã desta segunda-feira (2), na Prefeitura de Adamantina. A cerimônia contou com a presença do prefeito Márcio Cardim (DEM) e de secretários municipais, além da equipe de supervisores da pesquisa.

A coleta de dados será feita nos 5.570 municípios do Brasil até fevereiro de 2.018. Somente em Adamantina, serão 15 recenseadores para a cobertura de cerca de 710 empreendimentos rurais. Os resultados devem começar a ser divulgados pelo IBGE já em 2.018.

O chefe da agência local do IBGE, João Carlos Rodrigues, destacou a importância do Censo Agropecuário para o município. “Os dados contribuirão para a construção de diagnósticos mais precisos sobre as atividades econômicas das zonas rurais adamantinenses. A coleta será feita até fevereiro, por meio dos recenseadores que percorrerão toda a zona rural em busca de informações sociais, econômicas e da produção agrícola”, explica.

O questionário a ser respondido pelos produtores é bastante amplo, trazendo perguntas a respeito da área do estabelecimento, número de pessoas ocupadas, utilização de maquinário, emprego de irrigação e uso de defensivos agrícolas, por exemplo.

As informações obtidas junto aos produtores rurais são utilizadas única e exclusivamente para fins estatísticos, garante o IBGE, que enfatiza que a identidade dos entrevistados não é revelada.

Além de Adamantina, a agência local aplicará o Censo Agropecuário em outros 11 municípios da região, divididos em duas sub-áreas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here