IBGE cria comissão e Censo Agropecuário tem início em outubro

Reunião nesta terça-feira (8) formou a Comissão Municipal de Geografia e Estatística, equipe integrada por representantes da Prefeitura, Câmara e entidades de classes de Adamantina

Comissão Municipal de Geografia e Estatística foi formada em reunião na manhã desta terça-feira (8), na Prefeitura de Adamantina (Foto: João Vinícius | Grupo IMPACTO)

O IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas) já está preparando o Censo Agropecuário 2017 em Adamantina. E, nesta terça-feira (8), foi formada a Comissão Municipal de Geografia e Estatística, equipe integrada por representantes da Prefeitura, Câmara, entidades de classes, entre outros.

Durante o encontro, o chefe da agência local do IBGE, João Carlos Rodrigues, passou todas as informações sobre como vão funcionar as coletas e criou a comissão que acompanhará as etapas censitárias desde a fase de preparo da operação de campo, a coleta de dados até a divulgação dos resultados preliminares. Estavam presentes na reunião representantes da Comissão Municipal de Desenvolvimento Rural, Câmara Municipal, Sindicato Rural, APTA (Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios) e o secretário municipal de Agricultura, Emerson Hernandes Baptiston.

“O Censo começará em 1º de outubro e vai até fevereiro, cinco meses de coleta. Nós estamos implantando as comissões municipais, que é uma parceria para que os municípios possam nos ajudar na divulgação do Censo, no suporte às equipes de recenseadores, para que o trabalho seja realizado da melhor maneira possível. A comissão é presidida por uma pessoa o IBGE e tem a participação dos representantes de todos os poderes e sociedade”, explicou o Rodrigues.

Em Adamantina, a equipe censitária é formada por sete mensalistas (supervisores) e 15 recenseadores, que atuará em seis municípios da microrregião (Adamantina, Flórida Paulista, Mariápolis, Pacaembu, Irapuru e Flora Rica).

O Censo Agropecuário pretende investigar todos os estabelecimentos agropecuários dos municípios brasileiros, levantando informações sobre agricultura, extração vegetal, silvicultura, criação de animais de grande, médio e pequeno porte, aquicultura, criação de abelhas, criação de bicho-da-seda, beneficiamento e transformação de produtos agropecuários.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here