Cerimônia de abertura do Festival Suricates, com pais dos alunos participantes, contou com autoridades da UniFAI e do município (Foto: Priscila Caldeira | Da UniFAI)

Mais de 200 alunos de nove escolas de Adamantina participaram do Festival Suricates de Esporte Educacional no último sábado, 20, no Câmpus IV, na área de atletismo da Associação Cultural Recreativa e Esportiva de Adamantina (ACREA). O evento integra o Programa de Educação Pró-Ativa (ProEduc-UniFAI) do Centro Universitário de Adamantina (UniFAI), por meio da pró-reitoria de Extensão, e foi realizado em parceria com a Prefeitura Municipal, com apoio do supermercado Mituo.

O objetivo foi promover uma confraternização entre as escolas municipais, estaduais e particulares da cidade. As modalidades esportivas contemplaram corridas de 60, 75 e 100 metros rasos, respectivamente, e arremesso de peso (conforme a idade dos atletas), salto em distância e tênis de mesa.

“O evento foi acima das nossas expectativas. Tivemos a participação de mais de 200 crianças. O intuito é tirá-las da frente do videogame e da televisão e promover seu desenvolvimento no esporte”, afirma o pró-reitor de Extensão, Prof. Dr. Délcio Cardim.

O reitor da UniFAI, Prof. Dr. Paulo Sergio da Silva, ressaltou a importância do esporte educacional. “Esse festival vem só agregar o esporte em Adamantina e ajudar essas escolas. O projeto da Extensão é justamente fazer com que os nossos futuros professores pratiquem a profissão junto a esses alunos. Para ano que vem a nossa proposta é ampliar com outras modalidades esportivas no festival”, destaca o reitor.

O Projeto Suricates, coordenado pelo Prof. Me. Carlos Alberto Gomes Barbosa, ocorre todas as segundas, terças e quintas-feiras na ACREA. “O Prof. Carlos abrange todas as modalidades. Um dia ele trabalha com atletismo, no outro a corrida e também alterna com arremesso de peso e beisebol. Há uma diversidade de modalidades esportivas”, explica o pró-reitor de Extensão.

Délcio Cardim reforça o convite aos interessados: “O aluno que queira participar no contraturno da escola, basta o pai ou responsável inscrevê-lo no ProEduc. É só comparecer no Câmpus I, na Pró-reitoria de Extensão, ou já pode se dirigir a ACREA. Temos uma funcionária que atende toda semana, das 8h até às 15h, recebendo os interessados e fazendo as fichas. Temos uma parceria com a prefeitura do município de Adamantina, além da ACREA. Há 15 dias começamos a servir lanche para as crianças que participam do projeto. Para os alunos que tiverem necessidade de transporte escolar, o ProEduc também fornecerá passe”.

A aluna da EMEF Eurico Leite de Moraes, Lívia Revolta de Araújo, de nove anos, conta o que achou do evento: “Eu participei de salto em distância e corrida 60 metros. Gostei muito. O que importa é que a gente participou e não se vai ganhar ou perder”.

Pai de um aluno, Danilo Rodrigues Reis, afirma que atividades como essas recebem incentivo e valorização em casa. “Sou pai do aluno Kauã da Escola Cristã. Em casa a gente incentiva bastante a prática de esportes, tanto é que a competição que ele participou [tênis de mesa], nós praticamos bastante em casa e incentivamos, estimulamos e sempre que é possível o trazemos para essas competições que são muito importantes”, disse.

O aluno Leonardo Inácio Pereira de Souza, de 13 anos, da Escola Estadual Durvalino Grion, participou de corrida, arremesso de peso e salto em distância: “Eu gostei de competir e interagir com os colegas. Achei legal e muito interessante”.

A cerimônia de abertura contou com a presença do prefeito do município de Adamantina, Márcio Cardim (DEM); o secretário de Educação, Osvaldo José; o reitor da UniFAI, Prof. Dr. Paulo Sergio da Silva; o pró-reitor de Extensão, Prof. Dr. Délcio Cardim; o coordenador do ProEduc-UniFAI Suricates, Prof. Me. Carlos Alberto Gomes Barbosa; a presidente da Acrea, Noriko Onishi Saito; e Takeshi Matsuda, que atua no departamento de Atletismo da Acrea.

Docentes, servidores e estudantes da UniFAI também atuaram na organização do Festival Suricates.

Outros projetos do ProEduc

Além do Suricates, está inserido no ProEduc o Projeto da Horta Agroecológica já em funcionamento, coordenado pelo Prof. Dr. Vagner Amado Belo de Oliveira, coordenador de Extensão da área de Exatas e Agrárias.

“Os alunos que vierem participar do ProEduc, participarão do esporte no Projeto Suricates e também do Projeto da Horta Agroecológica. Eles verificarão como funciona a horta e caso tenha verdura, vão poder levar para a casa. Além disso, para o ano que vem a ideia é inserir outros projetos, como na área de Fisioterapia, Nutrição, Medicina, Odontologia, Pedagogia, dentre outros”, finaliza Délcio Cardim.