Empresários respondem pesquisa sobre horários de funcionamento do comércio

O objetivo é elaborar o calendário de horários para o final do ano e 2.018 de acordo com as necessidades e expectativas do empresariado local

Empresária Ieda Garcia Lopes responde questionário sobre horários do comércio aplicado pelo analista administrativo Paulo Vieira (Foto: Janaina Moraes | Sincomercio)

O Sincomercio (Sindicato Patronal do Comércio Varejista de Adamantina e Região) iniciou a aplicação de questionários sobre o funcionamento do comércio no final do ano e para 2.018. O objetivo, segundo o presidente da entidade, Sérgio Vanderlei da Silva, é elaborar o calendário de horários de acordo com as necessidades e expectativas do empresariado local.

Estão sendo distribuídas 100 pesquisas pelo comércio, que questionam a posição dos empresários sobre: a abertura dos estabelecimentos no feriado municipal de 8 de dezembro (este ano cai na sexta-feira); se são a favor da abertura até às 22h a partir de qual data (4, 11, 15 ou 18 de dezembro); se são favoráveis abertura das lojas aos sábados até às 16h (2, 9 ou 16 de dezembro); se concordam ou não do comércio funcionar no sábado, 20 de dezembro, até às 16h; qual a opinião dos empresários sobre abertura no dia 24 de dezembro, até às 12h; se são favoráveis ao fechamento do comércio no dia 2 de janeiro de 2.018; se concordam também com fechamento na segunda-feira de Carnaval, no dia 12 de fevereiro próximo; e qual a opinião sobre abertura as lojas no feriado de 9 de julho (segunda-feira).

Após a aplicação dos questionários, os resultados serão tabulados e apresentados em assembleia geral, oportunidade que será aprovada ou não a decisão dos comerciantes. Em seguida, o resultado tem que ser referendado pelo Sincomerciarios (Sindicato dos Empregados no Comércio de Tupã e Região), que representa os prestadores de serviços no setor do comércio, para posterior homologação no Ministério do Trabalho e divulgação.

“Todo o processo é aberto e com a participação dos empresários. A definição do horário de funcionamento dos estabelecimentos é feito pela maioria, que leva em consideração as experiências com essas datas comemorativas”, finaliza Sérgio Vanderlei.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here