Atiradores do Tiro de Guerra local participam da Operação Alvorada (Foto: Divulgação | Tiro de Guerra)

Os atiradores do TG 02-080 de Adamantina concluíram no domingo (1), o exercício de terreno denominado Operação Alvorada, com a realização de marchas por estradas da região e instruções no Horto Florestal do Município.

A Operação Alvorada é realizada praticamente na mesma época do ano por todos os Tiros de Guerra espalhados pelo país, sendo a oportunidade para os atiradores realizarem a prática no terreno das instruções que aprenderam na teoria.

O 1º sargento Marcelo Brufatto, chefe da instrução do Tiro de Guerra local, explica que a Operação teve início com revista nas mochilas às 5h30, do sábado (30), em seguida realizaram uma marcha de 12 km pelas estradas da região, equipados e armados, chegando ao local do acampamento, onde tiveram instrução sobre a construção de bivaques (abrigos improvisados), executaram oficinas de camuflagem, técnicas especiais (rastejar, engatinhar, rolamento, lanços), fortificações (construção de tocas), pista de cordas, orientação noturna e primeiros socorros, com apoio do Corpo de Bombeiros de Adamantina.

A Operação foi encerrada com uma marcha de 6 km de retorno a sede do Tiro de Guerra, onde os atiradores foram recepcionados pelos seus familiares, momento de muita emoção com o êxito da missão.

“A Operação Alvorada tem como objetivo evidenciar os valores dos atiradores, que enfrentaram com coragem e bravura os obstáculos pelos quais tiveram que passar, desenvolvendo o vigor físico, motivação e a integração entre os atiradores no cumprimento das missões, fortalecendo o espírito de corpo”, destaca o sargento.

Atiradores do Tiro de Guerra local participam da Operação Alvorada (Foto: Divulgação | Tiro de Guerra)