Você já deve ter ouvido falar que emagrecer vai além da questão estética, principalmente pelos riscos que o sobrepeso e a obesidade oferecem à saúde. Porém, não existe uma “fórmula mágica” para se perder peso sem o mínimo de dedicação, sem que certos hábitos (como comer constantemente fast food; ficar horas e horas sentado ou deitado em frente à televisão; entre outros) sejam alterados.

Por isso é necessário uma mudança de postura, associando uma alimentação equilibrada à prática de atividades físicas.

Para auxiliar nesta organização de vida, já que um dos principais argumentos para não se ter hábitos saudáveis é a falta de tempo – para preparar uma refeição adequada ou para se exercitar, ou ainda, para ambos – o educador físico Daniel Marques e a nutricionista Larissa Vieira dos Santos desenvolvem trabalho em conjunto visando colocar a “máquina chamada corpo humano para funcionar corretamente”.

A nutricionista Larissa Vieira dos Santos e o educador físico Daniel Marques (Fotos: Arquivo Pessoal)

Este processo de mudança de vida é iniciado com avaliação, quando é diagnosticado tudo que se encontra de irregular no corpo do paciente. Em seguida, é solicitado a realização de exames laboratoriais para que seja montado um cardápio e um treinamento de acordo com as suas necessidades e condições de saúde.

“É sempre respeitado as limitações e problemas apresentados na avaliação para a elaboração do treino individualizado, que conta com o auxílio do monitor cardíaco, para que seja feito um trabalho 100% saudável de ganho de massa magra e perda de gordura. Entre outras questões, acreditamos ser de extrema importância uma melhora na qualidade do sono, uma diminuição no estresse e melhora de todo o quadro laboratorial”, destaca o educador físico.

Durante o tratamento, os profissionais realizam reuniões periódicas para acompanhamento da evolução e traçam maneiras para que o aluno comece a ter prazer em praticar aquilo que está fazendo bem para sua vida. “Muito importante destacar que na parte nutricional não fazemos uso de nenhum medicamento e de nenhum método de alimentação que fuja da funcionalidade do corpo humano, que se inicia desde a mastigação até a todo o processo de digestão”, enfatiza Larissa. “E isso faz parte deste processo em tornar a alimentação saudável e a prática de atividade física em algo permanente”.

O educador físico orienta também que é necessário fugir dos modismos. “Deve-se praticar um exercício seguro, que seja realmente de acordo com as suas necessidades”, pontua Marques, que completa: “Importante ressaltar que todo aluno é orientado sobre qual a melhor maneira de ministrar o ‘casamento’ dieta e exercício para que ele não volte mais a ganhar a peso e também não jogue fora tudo que mudou na vida dele!”, finaliza.

Serviço

Mais informações sobre como aliar prática de exercícios com alimentação correta basta procurar o educador físico Daniel Marques e a nutricionista Larissa Vieira dos Santos pelos celulares: 18 9.9749-3113 (Daniel) e 9.9806-6062 (Larissa).