“Alarmantes”, alerta vereador sobre índices de mortalidade infantil e de infestação do mosquito palha

Vereador Eder Ruete (DEM) fez requerimento solicitando à Secretaria de Saúde às taxas de mortalidade infantil registradas pelo Município desde 2.012

Índices de mortalidade infantil e infestação de mosquito malha são preocupantes em Adamantina, alerta vereador Eder Ruete (DEM)

Alarmante. É como define o vereador Eder Ruete (DEM) sobre os índices de mortalidade infantil e de infestação do mosquito palha, em Adamantina. O alerta foi realizado na última sessão ordinária da Câmara, realizada no dia 30.

Segundo o parlamentar, o índice de mortalidade infantil voltou a crescer no Município, passando de 15% por mil nascidos vivo. “Adamantina ficou oito anos com uma administração que, em minha opinião, não se levou muito a sério algumas áreas do Município. Quando se foi levantar o problema já era alarmante. Foi realizado um intenso trabalho durante a gestão Kiko Micheloni, conseguindo baixar as taxas mortalidade infantil iguais as registradas em cidades europeias, conforme disse na época o então secretário de Estado, Luiz Roberto Barradas Barata. Agora, os índices voltaram a crescer, passaram dos 15%, o que é perigoso”, alerta.

O vereador fez requerimento solicitando à Secretaria de Saúde às taxas registradas pelo Município desde 2.012. “Estou questionando os dados para termos uma noção do crescimento dos índices. E, a partir daí, identificar quais medidas devem ser tomadas”, explicou Ruete.

Mosquito palha

Outro alerta feito pelo parlamentar foi em relação à quantidade de mosquito palha encontrada no Município, também considerado alarmante. “Adamantina é uma cidade endêmica para Leishmaniose, que é perigo. O mosquito palha se cria em locais com material orgânico. Por isso, a necessidade de uma mobilização, conscientização de toda a comunidade para manter quintais, calçadas, tudo lindo. Também é essencial um trabalho preventivo por parte da Administração Municipal. Já estamos sofrendo com escorpiões, só tende a piorar se nada for feito”, enfatiza o vereador.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here