Voluntário Taro Miyazaki é recepcionado pelo secretário de Esportes, Ronaldo Dutra (Foto: João Vinícius | Grupo IMPACTO)

Principal modalidade esportiva em Adamantina, o atletismo vem se destacando com a revelação de atletas, que conquistam medalhas por todo o país e até no exterior. Muitos destes velocistas se despertaram para o mundo esportivo em projeto da Acrea (Associação Cultural, Recreativa e Esportiva de Adamantina), desenvolvido pelo casal Takeshi e Toshie Matsuda.

Há 36 anos, os voluntários se dedicam ao atletismo como meio de inclusão cultural, recreativa e esportiva. E, para os próximos dois anos, eles contarão com auxílio de um jovem japonês, que chegou à cidade nesta quarta-feira (25), para o fomento de projeto de Esporte Educacional.

Por meio de parceria firmada pela Acrea – que conta com apoio da Prefeitura e UniFAI (Centro Universitário de Adamantina) – com a Agência de Cooperação Internacional do Japão (JICA, na sigla em inglês), órgão ligado ao Governo Japonês, crianças e adolescentes de seis a 15 anos terão atividades nos períodos matutino e vespertino de técnicas de atletismo.

“Nós tínhamos pedido [voluntário especialista em] velocidade, mas eles [JICA] não tinham atletas velocistas lá, tinham fundistas, de longo trajeto. E o sr. Takeshi [Matsuda] aceitou, dizendo que poderia ser porque aqui temos corrida de rua e, com isso, temos certeza de que vamos descobrir muitos talentos dentre essas várias crianças que vamos cuidar”, explicou a presidente da Acrea, Noriko Saito.

Todas as despesas desse voluntário em Adamantina serão pagas pelo Governo Japonês, desde a passagem, salário, aluguel, entre outros itens. “Nós, de Adamantina, não teremos gasto nenhum, somente benefício com a presença dessa pessoa aqui”, pontuou Noriko.

A recepção ao voluntário Taro Miyazaki, de 30 anos, foi realizada pela colônia japonesa do Município, pelos secretários de Esporte (Ronaldo Dutra), Educação (Osvaldo José) e de Saúde (Gustavo Rufino), além do vereador Paulo Cervelheira (PV), que destacaram a importância da inclusão de Adamantina neste projeto.

“Agradecemos ao empenho e dedicação da Acrea, por meio da sua presidente Noriko, na concretização desta proposta e a Prefeitura auxiliará no que for possível para o sucesso deste projeto, que contribuirá ainda mais para fortalecimento do atletismo local”, disse Ronaldo Dutra.

O jovem voluntário, que tem 17 anos de dedicação ao esporte, chegou ao Brasil há três semanas, em São Paulo, onde passou por adaptação até ser encaminhado à Adamantina. “Vamos correr juntos”, arriscou Taro Miyazaki em português, na cerimônia de boas vindas no gabinete do prefeito Márcio Cardim (DEM).

Na próxima semana, a Acrea, Secretaria de Esportes e UniFAI montarão cronograma de atividades a ser desenvolvida pelo voluntário. “Serão dois anos de muito aprendizado”, finalizou Noriko.

Colônia e autoridades municipais recepcionam voluntário japonês Taro Miyazaki (Foto: João Vinícius | Grupo IMPACTO)