Edvaldo Benedito Brito (chefe do Comitê Dirigente), Odair Cavalcanti (Osvaldo Cruz), Eduardo Nascimento (secretário de Esportes de Marília e presidente do Comitê Organizador dos Jogos Regionais) e Sílvio Bahia (Assis) (Foto: Christian Cabrini)

Apesar da Secretaria Estadual dos Esportes, Lazer e Juventude ter confirmado em dezembro Adamantina como sede dos Jogos Regionais para 2019, a 63ª edição do maior evento esportivo da região será realizado em Assis. A escolha foi realizada neste domingo (8), em Marília.

A cidade de Adamantina não compareceu à votação. Portanto, disputaram por sediar os Jogos em 2019 as cidades de Assis e Osvaldo Cruz, sendo que Assis venceu por 11 votos a 8 o município adversário. Já Osvaldo Cruz foi a única cidade a se inscrever para ser sede do evento em 2020 e ficou com o direito de realizar o evento.

Participaram do evento o chefe do Comitê Dirigente Edvaldo Benedito de Brito e o Secretário Municipal de Esportes, Lazer e Juventude e Presidente do Comitê Organizador do 62º Jogos Regionais, Eduardo Nascimento, além de prefeitos e secretários de Esportes de 20 municípios da região.

É a segunda vez que Adamantina é passada para trás pela Secretaria Estadual dos Esportes. A cidade chegou a ser anunciada como cidade-sede da competição da 7ª região esportiva do Estado de São Paulo este ano, porém, a oportunidade foi repassada para Marília, que realiza os Jogos Regionais até sábado (14).

O secretário de Esportes de Assis, Sílvio Bahia, festejou muito a conquista. “Estamos muito felizes com essa ressurreição do esporte em Assis. Faremos um grande evento, assim como está sendo em Marília. Parabéns ao secretário de Esportes de Marília, Eduardo Nascimento. Parabéns ao município de Osvaldo Cruz que sediará o evento em 2020. E Assis em 2019”, disse.

Outro lado

O secretário de Esportes de Adamantina, Ronaldo Dutra, explicou ao IMPACTO que o Município não pleiteou a realização dos Jogos Regionais em 2019, mas, sim, este ano. Porém, a oportunidade de realizar a competição foi repassada para Marília, fazendo com que a Secretaria Estadual dos Esportes, Lazer e Juventude confirmasse Adamantina como sede no próximo ano.

“Com a mudança de governador, também houve troca dos secretários estaduais. E o que estava acordado verbalmente com o gestor esportivo de Geraldo Alckmin não foi cumprido pelo novo secretário de Márcio França”, pontuou.

Questionado sobre o não comparecimento de representantes da cidade na votação de domingo, o secretário municipal disse que “não estava sabendo do pleito”. “Dias antes foi publicado no boletim dos Jogos Regionais a realização da votação. Mas, os municípios de Assis e Osvaldo Cruz já haviam se articulado e buscado os votos necessários para conquistar a oportunidade de sediar a competição”.

 

Atualizado para acréscimo de informações às 9h de quarta-feira (11)