Adamantina mantém resultado positivo na geração de empregos em setembro

No ano a cidade continua com saldo expressivo de 683 vagas abertas. O único setor com resultado negativo é do comércio, que tem expectativa de reverter à situação neste final do ano

Apesar de saldo negativo, comércio vive expectativa de contratações neste final de ano (Foto: Arquivo | Grupo IMPACTO)

O saldo na geração de empregos em Adamantina se manteve positivo em setembro. É o que aponta dado do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), disponibilizado nesta semana pelo MTE (Ministério do Trabalho e Emprego).

No último mês, foram contratadas 236 pessoas com carteira assinada e outras 235 demitidas. Apesar de saldo positivo de apenas uma oportunidade o resultado é significativo se comparado com outros municípios da microrregião, como Osvaldo Cruz e Lucélia, que, juntas, fecharam 123 postos de trabalho em setembro.

No ano a cidade continua com saldo expressivo de 683 vagas abertas. O único setor com resultado negativo é do comércio, que tem expectativa de reverter à situação neste final do ano.

A estimativa do Sincomercio Nova Alta Paulista (Sindicato do Comércio Varejista) é que as contratações temporárias para o final de 2018 chegue a 500 vagas. Além disso, novos estabelecimentos devem ser abertos nos próximos meses, o que resultará em um cenário mais animador ao comércio.

“Com a tendência de aumento nas vendas, consequentemente, o comércio estará contratando temporários, pois no o período que o consumidor está mais disposto a comprar o atendimento não pode deixar a desejar”, pontua o presidente do Sincomercio Nova Alta Paulista. “Atrelado ao aumento das vendas, a cidade deve ganhar nas próximas semanas novos estabelecimentos comerciais, como lojas de grandes redes, exemplo das Casas Bahia e ÉD+”, diz.