Adamantina se destaca no PIB per capita na região (Foto: Gustavo Castellon | Grupo IMPACTO)

Levantamento divulgado na sexta-feira (14), pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), mostra que Adamantina possui o maior PIB (Produto Interno Bruto) per capita (por habitante) em 2016 entre os 14 municípios da microrregião.

A cidade possui como principal atividade econômica o setor de serviços, que engloba também administração, defesa, educação e saúde públicas e seguridade social. Em seguida veem as áreas: industrial e agropecuária.

Se comparado com os maiores municípios da Nova Alta Paulista, Adamantina também se destaca. A cidade está à frente de Osvaldo Cruz, Dracena e Tupã no quesito PIB per capita. No ranking estadual o Município ocupa 184ª posição.

A menor cidade da microrregião, Flora Rica alcançou em 2016 o PIB per capita de R$ 22.168,40, ficando no quarto lugar. Já Pracinha, com R$ 7.309,60, possui o menor índice regional.

O PIB per capita de um município é a divisão da riqueza total da cidade pela sua quantidade de habitantes. Ele mede quanto, do total produzido, “cabe” a cada morador do município se todos tivessem partes iguais. É um indicador de bem-estar. Cidades e países com o PIB per capita maior tendem a ter qualidade de vida mais alta e mais acesso aos serviços públicos.

Paulínia, no interior paulista, onde a principal atividade econômica é o refino de petróleo, assumiu a liderança do ranking nacional de 2016, com um PIB per capita de R$ 314,6 mil.

PIB per capita na microrregião (R$)

Adamantina 32.838,70
Inúbia Paulista 31.752,98
Osvaldo Cruz 29.901,68
Parapuã 26.859,95
Flora Rica 22.168,40
Rinópolis 21.669,79
Lucélia 18.542,56
Sagres 16.684,57
Pacaembu 14.216,64
Mariápolis 13.780,63
Salmourão 13.440,12
Flórida Paulista 13.293,30
Irapuru 10.225,93
Pracinha 7.309,60