Adamantina fechou 2017 com saldo positivo na geração de empregos. Em todo o ano passado, a cidade criou 263 vagas de trabalho, segundo dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) divulgados nesta sexta-feira (26), pelo Ministério do Trabalho.

Os setores que impulsionaram a geração de emprego foram à indústria de transformação e serviços. Na contramão, a construção civil e o comércio registraram índices negativos.

Em dezembro, a cidade demitiu 588 trabalhadores e contratou apenas 194 – fechamento de 394 empregos. Apesar do resultado negativo, quando houve mais demissões do que contratações, Adamantina foi à única cidade entre as três maiores da Nova Alta Paulista com saldo positivo nos últimos 12 meses.

A maior cidade da região, Dracena, terminou o ano com índice negativo de 47 postos de trabalho. E, Osvaldo Cruz – terceiro maior município –, teve saldo negativo de 283 empregos no ano passado.

Já o Brasil encerrou o mês de dezembro com o fechamento de 328.539 vagas de emprego formal. Com o número, o ano de 2017 encerrou com fechamento líquido de 20.832 vagas.