Prefeito Márcio Cardim, secretários municipais e reitor da UniFAI, Paulo Sérgio da Silva, durante reunião na Secretaria de Meio Ambiente, em São Paulo (Foto: Cedida | Prefeitura)

Na quarta-feira (24), o prefeito Márcio Cardim, a secretária de Gabinete Luciana Pereira Fernandes, o secretário de Agricultura, Abastecimento e Meio Ambiente Emerson Hernandes Baptiston e o reitor da UniFAI (Centro Universitário de Adamantina), Paulo  Sergio da Silva, estiveram reunidos com o Chefe de Gabinete Luigi Longo – assessor para consórcios e concessões da Secretaria de Estado de Meio Ambiente. Na pauta, a gestão de resíduos sólidos e quais os caminhos para minimizar o impacto no município com os problemas do aterro sanitário.

Dentre outras questões, a principal foi necessidade da realização de consórcio entre municípios. Esta proposta da Secretaria de Meio Ambiente visa diminuir a quantidade de resíduos que vão para os aterros, estimulando as cidades na gestão adequada de seus resíduos.

“O próximo passo é articularmos com a AMNAP [Associação dos Municípios da Nova Alta Paulista] para viabilizarmos o consórcio. Adamantina terá um aterro particular em funcionamento em breve e isso irá ajudar vários municípios com problemas na gestão dos resíduos”, explica o prefeito Márcio Cardim.

O Consórcio Intermunicipal de Desenvolvimento Ambiental Sustentável é o resultado da união de municípios para formação de uma entidade voltada ao desenvolvimento e execução de ações e projetos ambientais com foco na gestão municipal sustentável. Sua missão é inovar a gestão municipal oferecendo soluções diferenciadas de forma a promover a eficiência dos serviços públicos.