Cerimônia da Instalação do Município de Adamantina (Foto: Arquivo Pessoal | João Carlos Rodrigues)

Em 2 de abril de 1949, o Município de Adamantina foi instalado em cerimônia realizado no cinema, que inicialmente era utilizado como sala de sessões da Câmara Municipal. A cidade havia sido fundada em 24 de dezembro de 1948, se desmembrando do município de Lucélia através da Lei Estadual nº 233.

Participaram da cerimônia de instalação de Adamantina o Juiz Eleitoral da 69ª Zona Eleitoral, o então prefeito de Lucélia Gumercindo de Brito, delegado de Polícia Floriano Guarita, Escrivão Eleitoral e o deputado estadual Antonio Silvio da Cunha Bueno, que representava a Assembleia Legislativa.

Na solenidade foram empossados o prefeito Antonio Goulart Marmo e os vereadores: Francisco Gimenes Roda Filho, José Ferreira Melo, Euclydes Romanini, Ary Toledo e Silva, Kaneaki Ijuim, Pedro Vicentim, Abdon Prado Lima, Caio Graccho da Silva Pereira, João Batista Perrone, João Perroni, Carlito S. Vilela, Aristides Fragoso da Costa e Francisco Dario Tóffoli. Em seguida, fizeram uso da palavra os cidadãos Antonio Goulart Marmo e Jamil de Lima, os quais enalteceram o significado da solenidade.

A pedido do pároco Cônego Manuel Gonzáles, da Matriz de Santo Antonio, Adamantina passou a comemorar seu aniversário no dia 13 de junho em homenagem ao Padroeiro Santo Antônio de Pádua.